20 de set de 2011

Nesta Triste Solidão

" Eu sou muro
Sou estrela
Tempestade, ilusão
Sou Pássaro, cachoeira
E às vezes furacão

Razoável
Insentato
Sou um frio coração
Sem amores, sem temores
Sofro de desilusão

Pragmático
Tolerante
Antes fosse compaixão
Tudo isso se dissolve
Nesta triste solidão

Carismático
Sem rancores
Antes fosse compaixão
Tudo isso se dissolve
Nesta triste solidão"

 Eai, gostaram do poema acima? Ele foi feito pelo Artur, sim, o dono do Comenta Filmes! Eu adorei, parabéns Artur, faça mais poemas para colocar aqui, está bem? *-*  Vamos triunfar juntos na fama! qq

Nenhum comentário:

Postar um comentário